Acaba votação no Distrito Federal. TRE prevê resultado para as 19h

Os portões dos 612 locais de votação no Distrito Federal foram fechados às 17h deste domingo (7/10), e a apuração começou. Quem ainda estava na fila poderá aguardar para finalizar a escolha dos cargos de presidente, governador, senador, deputado federal e distrital.

Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-DF), a capital da República, onde 2.084.357 estavam aptos a votar, deve ser uma das primeiras unidades da Federação a conhecer o resultado das urnas. A expectativa é de as definições saírem por volta das 19h.

Embora o domingo tenha sido tranquilo na maior parte dos locais de votação, foram registrados problemas pontuais. Em Águas Claras, por exemplo, os brasilienses chegam a ficar mais de uma hora na fila. Na Asa Norte e em Sobradinho, também foram registradas reclamações por conta da longa espera para votar.

Filipe Cardoso/Especial para o Metrópoles

Eleitor chega atrasado e encontra portão fechado em colégio de Águas Claras

 

Além da lentidão, o pleito enfrenta outro problema: a boca de urna. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Paz Social, até as 12h, 43 pessoas haviam sido conduzidas pela Polícia Militar às delegacias do Distrito Federal. Dessas, 11 vão responder a ocorrências de crimes eleitorais.

Os detidos foram flagrados após gritarem nomes, balançarem camisetas ou distribuírem propaganda político-partidária de candidatos. Todas assinaram Termo Circunstanciado, se comprometendo a comparecer na Justiça, e foram liberadas.

Até o começo da tarde, o TRE-DF precisou substituir pelo menos duas urnas. Uma da Seção 246, no Alub, em Vicente Pires, quebrou e foi trocada. O imprevisto causou uma pequena fila, mas foi solucionado às 9h20.

De acordo com o TRE-DF, na Zona 21 de Samambaia, foi detectado um problema na hora de concluir o voto para presidente. Lá, o equipamento também precisou ser substituído.

“A urna está preservada. Tudo o que foi votado ali estará registrado”, garantiu Fernando Velloso, assessor de imprensa da Corte. A mesma situação foi relatada por eleitores de Brazlândia, de Vicente Pires e da Asa Sul. Ao todo, quatro ocorrências relacionadas a esses episódios foram registradas.

Fonte: Metropoles
Author: Otto Valle

Comentários estão bloqueados.