Comer ovos todos os dias faz mal à saúde?

O ovo é um dos alimentos mais básicos da alimentação do brasileiro e as opiniões sobre ele mudam o tempo todo. Se em uma semana ele é classificado como prejudicial à saúde porque sua gema é rica em colesterol, na seguinte, estudos mostram que o colesterol presente em alimentos naturais tem baixo risco de provocar problemas. Apesar de toda a polêmica, afinal, comer ovo todos os dias faz mal à saúde?

Segundo os estudos mais recentes, não — e pode até trazer vários benefícios para o organismo como ajudar a controlar o colesterol, favorecer o ganho de massa muscular ou prevenir doenças nos olhos, por exemplo.

Para evitar o acúmulo de calorias durante o preparo, o ideal é cozinhar o ovo da forma mais natural possível, evitando utilizar gorduras processadas como óleo ou manteiga.

Quantos ovos posso comer por dia?
Os estudos não mostram um consenso na quantidade de ovos permitida por dia, mas consumir cerca de duas a quatro unidades não faz mal à saúde. Para pessoas com diabetes, o ideal é que o consumo seja de, no máximo, duas unidades por dia, prestando atenção no resto da alimentação: deve ser equilibrada para manter os níveis de colesterol e glicemia adequados.

Oito benefícios do ovo para a saúde:

  1. . Aumenta a massa muscular, porque é uma boa fonte de proteínas;
  2. . Previne doenças como câncer, por ser rico em antioxidantes, como triptofano e tirosina;
  3. . Diminui a absorção de colesterol no intestino, por ser rico em lecitina;
  4. . Previne o envelhecimento precoce, por ser rico em selênio, zinco e vitaminas A e E;
  5. . Combate a anemia, por conter ferro e ácido fólico;
  6. . Protege a visão, por conter os antioxidantes luteína e zeaxantina;
  7. . Mantém a saúde dos ossos, por conter cálcio e fósforo;
  8. . Previne câncer de mama, por conter colina;

O ovo geralmente só está contraindicado em casos de alergia à albumina, a proteína presente na clara.

Ovo cru aumenta risco de infecção intestinal
O ovo cru pode conter a bactéria Salmonela, que causa febre, vômitos e diarreias fortes. Por isso, deve-se evitar os produtos que têm ovos crus como ingredientes, como mousses, maioneses, coberturas e recheios de bolos. A melhor escolha é consumir o ovo cozido ou frito sem adição de óleo ou manteiga, para não aumentar a quantidade de calorias e de gordura consumida na dieta.

(Com informações do portal Tua Saúde)

Fonte: Politicadistrital / AgenciaBrasilia / metropoles
Author: Da Redação

Comentários estão bloqueados.