Concurso PRF: cronograma do concurso é finalizado

Vale ressaltar que o Diretor-Geral da Polícia Rodoviária Federal, Renato Borges Dias adiantou que teremos mais um concurso em 2019 e “com muito mais vagas”

O Estratégia Concursos recebeu nesta segunda-feira, em primeira mão, a informação que a Polícia Rodoviária Federal e o Cespe/Cebraspe concluíram o cronograma do tão esperado certame que tem como previsão a oferta de 500 vagas.

Por enquanto, ainda não temos acesso à informações exatas referentes às datas para a publicação do edital, nem sobre o período em que as provas serão aplicadas, mas com base no que já nos foi informado até agora, podemos fazer uma suposição das possíveis datas.

Vale ressaltar que o Diretor-Geral da Polícia Rodoviária Federal, Renato Borges Dias adiantou que teremos mais um concurso em 2019 e “com muito mais vagas”!

A declaração foi feita pelo Diretor em resposta a um comentário em uma rede social. No momento não há detalhes sobre o número exato de vagas nem quais cargos serão contemplados, mas vale lembrar que existem atualmente, cerca de 3.029 cargos vagos.

A equipe de jornalismo do Estratégia Concurso entrou em contato com a assessoria de comunicação da PRF para saber mais detalhes sobre a declaração do Diretor, mas até o momento não houve resposta.

Confira na imagem abaixo, a resposta oficial dada pelo Diretor Renato Borges em uma rede social:

Edital deve ser publicado até janeiro

A Polícia Rodoviária Federal tem o prazo de pelo menos 63 dias para publicar o edital com a oferta de 500 vagas para o cargo de policial rodoviário. Isso porque a portaria publicada em 27 de julho deste ano regulamenta a publicação do edital em até seis meses.

Em contato com a assessoria de comunicação da PRF, o jornalismo do Estratégia Concursos foi informado que o edital será publicado dentro prazo legal estabelecido pela portaria que vence em 27 de janeiro de 2019.

Desde outubro, o contrato com o Cespe/Cebraspe já está assinado quando o Departamento indicou a banca como organizadora do concurso por dispensa de licitação.

No início do ano, o Ministro da Segurança Pública, Raul Jugmann, anunciou a contratação de Policiais Rodoviários. Serão ofertadas 500 vagas, apesar de ter 3.029 cargos vagos.

O Departamento de Polícia chegou a consultar o Ministério do planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPOG) a possibilidade de aumentar o número de vagas. Inclusive, a própria Federação Nacional dos Policiais Rodoviários havia informado que o ministro Raul Jungmann aguarda a resposta do pedido feito pelo diretor da DPRF ao MPOG sobre o aumento de vagas.

Em contato com o Jornalismo do Estratégia, uma fonte do órgão PRF disse que foi realizado o pedido de 3.000 vagas por parte da Federação. Contou ainda, que a PRF tem, no momento, pouco mais de 10.000 policiais.

Abaixo você confere o extrato de contrato na íntegra:

O que precisa para ser um PRF?

Requisitos necessários para concorrer a uma das vagas PRF:

  • Nível superior em qualquer área de formação
  • Carteira Nacional de Habilitação ou permissão para conduzir veículos automotores de, no mínimo, categoria “B”.
  • Ter idade mínima de 18 anos completos na data da posse
  • Não há idade máxima estabelecida.
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo

O que faz um PRF?

Realiza atividades de natureza policial envolvendo fiscalização, patrulhamento e policiamento ostensivo, atendimento e socorro às vítimas de acidentes rodoviários e demais atribuições relacionadas com a área operacional do Departamento de Polícia Rodoviária Federal.

Quanto recebe um PRF?

De acordo com o reajuste salarial, publicado na Lei nº 13.371/16 – em vigor desde 2017, o reajuste será de até 37% em cima do saldo, sendo pagos em três parcelas até 2019. Isso significa que ao ser aprovado no concurso PRF 2018, prestando para o cargo da Terceira Classe, Padrão I, você entrará ganhando quase R$ 10 mil.

A remuneração dos servidores da PRF em 2019 terá o inicial de R$9.899 e o final em R$16.552. Além do Auxílio Alimentação de R$ 458,00 e o Adicional de Fronteira (será explicado logo abaixo) de até R$ 1.900,00.

O reajuste, estabelecido em Lei, cumpre com os dados que estão expostos na tabela abaixo.

Além dos benefícios já citados, há também um adicional de indenização diária a servidores da Polícia Rodoviária Federal que trabalham em locais de fronteira do Brasil, que é valido para mais quatro carreiras.

Essas carreiras são: Receita Federal, Policia Federal, Auditores do Trabalho e Auditores Fiscais Agropecuários. Este adicional está previsto em um decreto assinado pelo presidente Michel Temer.

Esse adicional será de R$ 91,00 por dia trabalhado durante a semana –  não serão contabilizados os fins de semana – podendo chegar a um acréscimo de R$ 2 mil líquidos à remuneração ao final de 22 dias trabalhados em locais de fronteira.

Indenizações a PRF’s

No dia 7 de agosto, o Plenário do Senado Federal aprovou o projeto de lei de conversão n°19/2018, que regulamenta indenizações para policiais rodoviários federais que trabalharem durante o repouso remunerado.

A medida pode ser concedida ao integrante da Carreira da PRF que, voluntariamente, se dispuser a trabalhar durante parte do período de repouso remunerado de seu regime de turno ou escala e participar de ações relevantes, complexas ou emergenciais.

O texto da lei aprovada pelos senadores prevê indenização de R$420 para períodos de seis horas e R$900, para doze.

Agora, o projeto deve ser encaminhado à presidência da república, se sancionada, a lei conferirá aos policiais rodoviários a possibilidade de aumentar seus rendimentos, que atualmente variam entre R$9 mil e R$15 mil.

Último concurso PRF

O último concurso para PRF foi realizado em 2013 e aplicado pela banca Cespe. Vale notar que o Cespe foi a banca deste certame em 2002, 2004, 2008 e 2013. Somente em 2009 tivemos uma exceção, quando a prova foi aplicada pelabanca Funrio.

Baixe a última prova PRF em PDF. Em 2013 foram oferecidas 1.000 vagas no edital PRF. O concurso contou com 109.769 inscritos, uma concorrência superior a 100 candidatos por vaga.

Etapas – Edital PRF

Abaixo listamos as etapas do último certame, 2013, como referência.

Obs: Neste novo edital podem haver modificações

  1. Prova Objetiva e Discursiva (eliminatório e classificatório)
  2. Exame de Capacidade Física (eliminatório)
  3. Avaliação de Saúde (eliminatório)
  4. Avaliação Psicológica (eliminatório)
  5. Investigação Social (eliminatório)
  6. Avaliação de Títulos (classificatório)
  7. Curso de Formação

Prova Objetiva e Discursiva

  • Prova objetiva com 120 questões – 50 itens sobre as disciplinas de Conhecimentos Básicos e 70 itens de Conhecimentos Específicos.
  • Discursiva de até 30 linhas
  • 4h30min para realização
  • Cabe recurso nos dois dias seguintes ao resultado

Exame de Capacidade Física (TAF)

  • Flexão em Barra Fixa
  • Impulsão Horizontal – Salto
  • Flexão Abdominal
  • Corrida – 12 minutos
  • Cabe recurso nos dois dias seguintes ao resultado

Obs: No último concurso foram convocados 4 vezes o número de vagas (isto é, os 4.000 candidatos melhor classificados nas provas escritas)

Avaliação de Saúde

  • Realização de exames laboratoriais
  • Resultado: Apto ou Inapto
  • Os exames são custeados pelo candidato e devem ser entregues para avaliação da junta médica da banca
  • Cabe recurso nos dois dias seguintes ao resultado

Avaliação Psicológica

  • Bateria de testes e exames psicológicos para testar sua aptidão para o cargo
    • Atenção
    • Memória
    • Capacidade Intelectual
    • Personalidade
    • Resultado: Apto ou Inapto
    • Cabe recurso nos dois dias seguintes ao resultado

Investigação Social

  • Avaliação de informações que permitam avaliar a sua idoneidade
  • Apresentação de documentos como o “nada consta de antecedentes criminais”

Avaliação de Títulos

  • Os candidatos melhor classificados nas provas escritas (e que não foram eliminados no teste físico, avaliações de saúde e psicológica e investigação social) são chamados para esta fase.
  • Esta fase encerra a primeira etapa do concurso
  • Contam como títulos:

Curso de Formação de Instrutores

No dia 04 de maio, foi publicado o edital para o Curso de Formação de Instrutores – CFI da Polícia Rodoviária Federal. Trata-se de um curso interno para servidores policiais que podem compor a equipe de instrutores do Curso de Formação Profissional PRF 2018.

Este curso terminou dia 15 de junho de 2018, mês que coincidiu com a declaração do ministro da segurança pública, Raul Jungmann, sobre a publicação do edital do concurso PRF para esse ano.

Já havíamos mencionado anteriormente sobre esse pronunciamento do ministro feito durante um evento em Brasília. E este CFI que terminará no mesmo mês de junho é um indicativo de que haverá um concurso PRF em breve.

Confira o cronograma deste processo seletivo interno:

A duração do curso estendeu-se pelo período entre 28 de maio a 15 de junho de 2018. A seleção interna ofereceu 88 vagas, sendo 08 destinadas especificamente para a Academia Nacional da Polícia Rodoviária Federal – ANPRF, que chega a receber indicações.

E este, confirmado pelo assessor de comunicação do órgão quando o Estratégia Concursos entrou em contato, pode formar instrutores que estarão no curso de formação dos novos ingressantes por meio de concurso público.

Quem participa desta seleção?

Aqueles servidores que possuem os seguintes requisitos:

  • Curso de Formação de Formadores – CFF, promovido pela Secretaria Nacional de Segurança Pública – SENASP na modalidade EaD;
  • Ter, referencialmente, a habilitação para Condução de Veículos de Emergência – CVE;
  • Não estar afastado da atribuição do do cargo, sejam estes afastamentos totais ou parciais, remunerados ou não.

As unidades destinadas aos instrutores:

a) Gabinete – GAB;
b) Corregedoria-Geral – CG;
c) Coordenação-Geral de Planejamento e Modernização Rodoviária – CGPLAM;
d) Coordenação-Geral de Operações – CGO;
e) Coordenação-Geral de Recursos Humanos – CGRH;
f) Coordenação-Geral de Administração – CGA; e
g) Academia Nacional da Polícia Rodoviária Federal – ANPRF.

 

Informações do último concurso PRF
►Ano: 2013
►Baixe o Edital Estratégico
Edital PRF
►Banca: Cespe/UnB

Próximo Concurso PRF 2018
►Data prevista: 2018
►Vagas: 500 
►Lotações: nacional
►Remuneração inicial: R$ 10 mil
►Banca: a definir

 

Fernando Brito/Ascom Estratégia Concursos

Fonte: ifb.edu.br /odemocrata / concursos2018 / brasiliaagora
Author: Da Redação

Comentários estão bloqueados.