Fraga, Rosso, Eliana e Rollemberg votam e miram 2º turno com Ibaneis

Com a obrigação de ir às urnas cumprida, os candidatos ao Governo do Distrito Federal alimentam esperanças de chegar ao segundo turno das eleições, confirmado para ocorrer no dia 28 deste mês. Líder nas mais recentes pesquisas, Ibaneis Rocha (MDB) votou durante a manhã deste domingo (7/10), no Lago Sul. Em tom de tranquilidade, o emedebista não descartou a chance de vencer os adversários ainda no primeiro turno.

“Estou com ótimas expectativas, inclusive de ganhar no primeiro turno. As ruas transmitem isso. Agora, quem for comigo para o segundo, será derrotado”, disse. De acordo com ele, todos candidatos deveriam se recolher no dia da votação a fim de evitar tumulto. O postulante ao Buriti acompanhará a apuração no Clube da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), no Setor de Clubes Sul.

O candidato do MDB votou pela manhã

Na disputa acirrada pela vaga no segundo turno, conforme apontam as pesquisas, o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) também preferiu votar pela manhã, na Asa Sul. Acompanhado da mulher, Márcia Rollemberg, e dos candidatos a vice, Eduardo Brandão (PV), e ao Senado Leila do Vôlei (PSB), o socialista disse estar confiante no resultado. Na expectativa de disputar o segundo turno, ele fazia planos. “Vamos falar a verdade e reconhecer as falhas, de que não conseguimos fazer tudo por conta das limitações financeiras e a situação difícil do país”, afirmou.

Candidato à reeleição, Rollemberg também preferiu votar no turno matutino

Também embolada entre os postulantes que tentam disputar com Ibaneis Rocha no dia 28 de outubro, a candidata do Pros ao Buriti, Eliana Pedrosa, compareceu ao Colégio Mackenzie (Lago Sul), para votar também pela manhã. “Quero que chegue logo o final do dia para contabilizarmos os votos. As urnas são o resultado definitivo. Tenho esperança que dará tudo certo”, comentou.

Figurando em segundo lugar nas pesquisas, Eliana Pedrosa votou em uma escola da cidade

Rosso e Fraga criticam pesquisas
Empatado tecnicamente com Eliana e Rollemberg, Rogério Rosso (PSD) votou acompanhado da família e apoiadores e garantiu que as ruas mostram um resultado diferente do que as pesquisas têm apontado . “Desde o início da campanha, eu reiteradamente afirmei que alguns institutos de pesquisa seriam desmoralizados neste domingo, e alguns já até lançaram outros resultados para não serem tão desmoralizados assim”, criticou.

Rogério Rosso (PSD) votou no Lago Sul

Ainda na disputa do segundo pelotão de candidatos,  Alberto Fraga (DEM) votou no Lago Norte logo cedo, neste domingo. O democrata afirmou estar confiante para continuar na disputa em um segundo turno. “Eu não acredito nessas pesquisas. Ninguém cresce tanto num curto intervalo de tempo”, disse em relação ao adversário Ibaneis Rocha (MDB).

Alberto Fraga (DEM) votou no Lago Norte

As pesquisas Ibope e Datafolha divulgadas no sábado (6/10) apontam para o favoritismo de Ibaneis, com percentuais de voto muito acima dos rivais. Eliana Pedrosa(Pros), Rodrigo Rollemberg (PSB) e Rogério Rosso (PSD) têm chances de chegar ao segundo turno, pois estão empatados tecnicamente. Fraga, por sua vez, aparece com menos chances.

Os menos competitivos
O postulante do Novo, Alexandre Guerra, votou na Escola das Nações e foi acompanhado de seu vice, Erickson Blun. Ele disse ter sido um grande privilégio ter participado destas eleições. Ele espera que o Distrito Federal saia diferente das urnas. “Livre de velhas oligarquias que sugam o futuro das pessoas, do corporativismo e do ideologismo que nos levam ao abismo”, destacou.

Já Fátima Souza (PSol) cumpriu o dever no Colégio Santa Doroteia, na 911 Norte, e lembrou que o eleitor ainda pode mudar o futuro da cidade e do País. “As urnas precisam enterrar as praticas da velha política”, afirmou a candidata.

Fátima Sousa (PSol), votou na Asa Norte

Já o aspirante do PSTU ao Palácio do Buriti, Antônio Guillen, exerceu o direito democrático no Centro Educacional 2 do Cruzeiro.

Divulgação


Fonte: Metropoles
Author: Caio Barbieri

Comentários estão bloqueados.