fbpx
Cidades

Jornalistas que investigavam morte de Adriano da Nóbrega são presos pela PM baiana


O repórter Hugo Marques e o fotógrafo Cristiano Mariz, da Veja, foram detidos hoje pela PM da Bahia enquanto tentavam localizar o fazendeiro Leandro Guimarães, testemunha-chave da morte do miliciano Adriano da Nóbrega.

Os jornalistas foram cercados, revistados e depois conduzidos à delegacia. Os policiais apreenderam o gravador de Marques com diversas entrevistas realizadas ao longo da semana.

É mais um atentado à liberdade de imprensa.

Na noite de quarta-feira, o jornalista brasileiro Lourenço Veras, do site Porã News, foi executado a tiros em sua casa na cidade de Pedro Juan Caballero, no Paraguai. Ele investigava o tráfico de armas e drogas na fronteira do Mato Grosso do Sul.

Leia Mais

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar