Mãe diz que jogador é ‘prisioneiro’ no PSG e alfineta Neymar

Véronique Rabiot, mãe do meio-campista Adrien Rabiot, criticou o Paris Saint-Germain em entrevista concedida segunda-feira, 18, ao jornal L´Équipe, que foi às bancas nesta quarta, 20. Ela disse que seu filho é um prisioneiro dentro do clube e ainda alfinetou Neymar, que receberia um tratamento diferenciado pela equipe. Seu principal alvo foi o diretor da equipe francesa, Antero Henrique.

“Antero Henrique desrespeitou o clube, porque não cumpriu o que disse. Adrien é um prisioneiro, um refém do PSG. É tratado com pão seco e água, preso em uma masmorra. É um ambiente cruel. Um jogador de futebol tem que jogar, não ficar em um armário. Meu filho só pediu para cumprir seu contrato e ser respeitado. Foi castigado por viajar para o Catar no dia em que morreu sua avó e o pai estava doente. Tornou-se uma refém”, afirmou a mãe do meia.

View this post on Instagram

Här har vi henne Veronique Rabiot, agent och mamma till den vilt poserande sonen Adrien Rabiot. Hon har gjort kaos med PSG och franska landslaget. Hon krävde att hennes son skulle få speltid med ett mittfält av Verratti, Matuidi, Thiago Motta och Pastore. Hmm…hon verkar inte veta vilka dessa les grabbar är. I sommaren 2014 beordrade PSG Adrien att träna med reserverna pga att hans morsa förhandlade med Roma. Hon väntade på tränaren Laurent Blanc i parkeringen och sa ”du kan inte göra så här”, ”jag kommer inte tillåta det”. Adrien tackade nej till en reservplats till VM-truppen 2018 för att han tyckte att det var förnedrande att betraktas som en reserv. Igen…mittfältet var stacked med Pogba, Kante, Matuidi, Nzonzi och Tolisso. Hon har sett till att hennes son går i de bästa skolorna och lyckades även placera honom i Manchester City som 13 åring. Hon har tillochmed sett till att när väl Adrien spelar ska han spela offensivt trots att vi vet att hans bästa positon är en mer defensiv roll. Så man kan klart säga att Adrien är en crybaby som springer till mamma så fort han är missnöjd med nånting. Nu sägs det att Adrien Rabiot är överens..förlåt Veronique är överens med Barcelona. Ska bli intressant och se hur Valverde och Bartomeu hanterar radarparet.

A post shared by Avbytarbänken (@avbytarbanken) on

Em seu desabafo, ela ainda alfinetou o brasileiro Neymar. “No PSG castigam jogadores que chegam seis minutos atrasados a uma reunião, mas permite que outros, que estão lesionados, viagem pelo mundo e compareçam a carnavais”, disse Verónique, que é representante do filho em negociações contratuais. Com lesão desde janeiro no quinto metatarso, Neymar fez parte do tratamento dele no Brasil e viajou para o país no período do Carnaval. O jogador inclusive compareceu ao camarote do Carnaval carioca e retornou à Europa somente para assistir das arquibancadas à eliminação do PSG para o Manchester United na quarta-feira de Cinzas.

Rabiot sofreu sanções do PSG em duas ocasiões distintas nos últimos quatro meses. Em dezembro, o meia, que tem contrato até 30 de junho deste ano, recusou renovar seu contrato enquanto sua ida ao Barcelona era negociada. Em retaliação, Antero Henrique afirmou que o clube também não tinha interesse em renovar com o meia e que não o utilizaria até o final da temporada.

Neste mês, o jogador foi suspenso por duas semanas após ser visto em uma boate logo após a eliminação do PSG na Liga dos Campeões e por curtir uma publicação de Patrice Evra no Instagram, em que comemorava a classificação do Manchester United contra o PSG.

“Acho inaceitável a atitude e a falta de profissionalismo de um jogador como Adrien Rabiot com o clube, seus companheiros e torcedores”, disse Antero Henrique na ocasião. Ele não atua pelo clube francês desde 11 de dezembro do ano passado, quando entrou no fim da partida contra o Estrela Vermelha, pela Liga dos Campeões. 

O meia de 23 anos apresentou outros sinais de indisciplina também com a seleção francesa. Ao não ser convocado para a Copa do Mundo em maio do ano passado e aparecer apenas na lista de espera, o jogador renunciou à lista de suplentes do treinador Deschamps e disse que já estava de “férias”. Desde então, não foi mais chamado pela seleção francesa.

Adrien Rabiot em ação pela seleção da França durante amistoso antes da CopaGetty Images

Fonte: veja.abril.com.br
Author: Lucas Mello

Comentários estão bloqueados.