fbpx
Cidades

MEC anuncia retomada de 3182 bolsas pela CAPES e Weintraub ironiza críticos


O Ministério da Educação (MEC) anunciou hoje a retomada de 3.182 bolsas de pós-graduação, mestrado, doutorado e pós-doutorado de cursos com as melhores notas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

A retomada das bolsas foi anunciada pelo Ministro da Educação, Abraham Weintraub, ao lado de Anderson Ribeiro Correia, presidente da CAPES. Segundo Weintraub, a fonte desse recurso veio dos impostos pagos pela população, sem dar mais detalhes.

“É do edital que já estava pronto, mas que foi congelado. Estamos antecipando para a população a solução para estas bolsas. Detalhes temos que esperar o Orçamento Geral da União”, declarou.

A CAPES receberá o reforço de R$ 600 milhões no orçamento para 2020, o que garante o pagamento deste novas bolsas e das que já estão ocupadas. Segundo o MEC, a liberação deste recurso vai custar cerca de R$ 22,5 milhões no orçamento deste ano.

Em tom provocativo, o ministro anunciou: “Para o pessoal que alardeou que acabou a pesquisa no Brasil, vão ter que se retratar. Acabamos de voltar do Ministério Economia, achamos uma solução para um problema e a gente vai retomar as bolsas da CAPES para os programas com nota 5, 6 e 7”.

As bolsas estão disponíveis a partir de hoje e dependem das universidades para iniciar as implementações.

Leia Mais

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar