Mitos sobre os vikings que não passam de mentira

Nos últimos tempos o interesse pela cultura nórdica, como sua mitologia, vem crescendo bastante. Sua evidência na cultura pop é grande responsável pelo fenômeno, como a franquia cinematográfica Thor ou a nova empreitada de Kratos no Playstation 4, God of War 4. Talvez, o maior responsável por essa atenção especial seja a série Vikings, do canal History.

Caminhando para a sua sexta e última temporada, o programa apresenta os principais nomes do mundo Viking e suas trajetórias. As tramas, cheias de guerra e traição, encantam o público e levam-o a olhar com o carinho para esse período da história européia tão aclamado.

Mas com tantos apreciadores da Era Viking, a pergunta que fica é: tudo o que pensamos saber sobre eles é verdade? Existem muitos mitos em volta dessas figuras históricas. Quer saber algumas dessas mentiras? O Segredos do Mundo vai contar para você agora mesmo.

Confira 8 mitos sobre os vikings que não passam de mentira

1 – Norte europeu

Os vikings não eram, necessariamente, todos do norte europeu. Muitos, que se tornavam vikings, vinham de outras partes da Europa e, até mesmo, de fora dela. Isso por que os vikings faziam muitas capturas de escravos na Itália, Espanha, Reino Unido, Portugal, França e Rússia e também na Ásia e no Oriente Médio.

2 – Loiros

Acredita-se que os vikings eram todos loiros e de olhos azuis. Isso é um engano grave, uma vez que o povo viking era bem miscigenado. Apesar de cabelos loiros serem muito comum na Escandinávia, os vikings também eram morenos e ruivos.

3 – Sujos

Sempre temos a impressão que os vikings eram um povo sujo, porém, isso é uma mentira muito grande. Além de fazerem seu próprio sabão com castanha, eles tomavam banho uma vez por semana. Para a Europa, na época, isso era uma frequência muito alta de banho para uma pessoa.

4 – Homens enormes e fortes

Os vikings não eram exatamente grandes e muito fortes. Descobertas arqueológicas apontam que a média de altura de um viking na época era em cerca de um metro e setenta centímetros.

5 – Capacetes com chifres

Existe uma imagem forte na nossa cabeça: vikings com capacetes de metal e  chifres bem dourados e pesados. Apesar dessa imagem ter surgido em algum ponto da história, não existe nenhuma evidência de que eles realmente usavam isso. Então, também não passa de um mito.

6 – Barba e cabelo selvagem

Se você acha que eles tinham cabelos grandes e bagunçados, alinhado com uma barba descuidado não poderia estar mais enganado. Na verdade, eles cuidavam muito bem de seus cabelos e barbas. As mulheres também cuidavam bastante de seus cabelos.

7 – Não eram adeptos da estética

Os vikings ligavam muito para a estética e a beleza, ao contrário do que se pensa. Ótimos construtores de navios e projetores de artesanato, eles gostavam de investir tempo e dedicação na hora de esculpir e cuidar do acabamento. Eles eram, sim, ótimos designers.

8 – Só comiam carne e bebiam cerveja

Talvez não pareça, mas os vikings também se dedicavam a agricultura. Isso mostra que a sua alimentação era variada, contendo vários tipos de carne, legumes e grãos. Nada de só carne e cerveja.

Você gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: Os 11 maiores deuses da mitologia nórdica e suas origens

Fonte: AMC TV

Imagem: History Neve Marvel Comics

O post Mitos sobre os vikings que não passam de mentira apareceu primeiro em Segredos do Mundo.

Fonte: Amenteemaravilhosa / Tudointeressante/ Gadoo / segredosdomundo.r7
Author: Toni Nascimento

Comentários estão bloqueados.