fbpx
Cidades

PDT recua e já não fala mais em expulsão de dissidentes – O Antagonista


Líderes do PDT já discutem penas alternativas à expulsão de Tabata Amaral e de seus outros sete deputados que votaram a favor da reforma da Previdência, informa o Estadão.

O presidente do partido, Carlos Lupi, admitiu o recuo a aliados em conversas informais após a votação de ontem e na manhã de hoje.

Mas os dirigentes do PDT avaliam que, embora a expulsão dos oito não seja de interesse da legenda, é necessária a abertura de um processo disciplinar, “para dar exemplo”.

“É mais fácil Bolsonaro renunciar do que ele pedir para sair”, diz amigo de Paulo Guedes. Confira agora

Leia Mais

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar