Projeto Curumim retoma a rua com brincadeiras

A proposta é ir além do digital e resgatar o lúdico, através de brincadeiras populares para crianças de todas as idades, além de atividades culturais e ações sociais diversas

A brincadeira e a rua: uma parceria já antiga, mas promissora. A rua é o ponto de encontro, com espaços abertos, gramados, quadras, calçadas e infinitas possibilidades. Já a brincadeira é o encontro, é a interação, é o que dá vida à rua, são as possibilidades acontecendo como diversão. E o brincar na rua, que já foi tão comum e corriqueiro em gerações passadas, vem perdendo cada vez mais espaço, com o avanço da internet e o uso de jogos eletrônicos, computadores, tablets, celulares e o mundo virtual como um todo.

E também com a própria dinâmica urbana, com cidades maiores e mais violentas, onde as crianças ficam cada vez mais em casa, em atividades solitárias. Com o propósito de retomar a vivência e a brincadeira na rua, surge o Curumim – Calendário Cultural do Brincar, projeto que visa resgatar e introduzir as brincadeiras populares no dia-a-dia das crianças, como Carrinho de Rolimã, Bambolê, Bete, Pião, Pipa, Bola de Gude e muito mais.

O objetivo do Curumim é incentivar a imaginação e valorizar a cooperação entre as crianças, por meio de um calendário mensal de atividades culturais e lúdicas, naturalizando o brincar no cotidiano dos pequenos. De janeiro a dezembro de 2019, no último final de semana de cada mês, o Curumim está realizando uma série de atividades artísticas, culturais, sociais e desportivas, procurando incentivar a cultura do brincar tradicional nas ruas, com brinquedos artesanais, jogos populares e várias atividades ao ar livre. Com duas etapas já realizadas, o Curumim – Calendário Cultural do Brincar chega, em março, à sua terceira edição.

A terceira etapa do ano será nos dias 30 e 31 de março, sábado e domingo, a partir das 09h, no estacionamento da Escola Classe 604, de Samambaia, indo até o fim da tarde.

Entre as atividades e ações sociais da edição de março do Curumim estão a Oficina de Confecção de Brinquedos; Bete; Jogo do Pontinho; Carro de Pneu; Bambolê; 05 Marias e Brincadeiras de Mão. O projeto também contará com apresentação do grupo Mamulengo Fuzuê, levando o encanto do teatro popular de bonecos para a criançada. Também será oferecido corte de cabelos à comunidade

Curumim – Comum Idade Cultural

Curumim é uma palavra de origem tupi que designa, de modo geral, as crianças, público alvo do projeto. A nossa “comum idade” de imersão cultural é na infância. O desejo de tornar a comunidade em um “organismo cultural” nos fez chegar ao nome deste empreendimento sociocultural: Curumim – Comum Idade Cultural. Assim, o seu significado fica como “A Criança e sua Comum Idade Cultural”, bem como “A Criança e sua Comunidade Cultural”.

O Curumim apresenta às crianças as raízes das brincadeiras de rua, a naturalidade do brincar na infância, pois ele nasceu para resgatar formas de diversão que foram atropeladas pelo avanço da tecnologia e pelo consumismo desenfreado. E nada melhor do que retratar a criançada como curumins que representam tão bem o modo coletivo do brincar e de se fazer artesanalmente seus próprios brinquedos.

 

SERVIÇO:

Curumim Calendário Cultural do Brincar – Março de 2019

Quando? 30 e 31 de março, sábado e domingo, a partir das 9h

Onde? Estacionamento da Escola Classe 604 de Samambaia

Quanto? Entrada Franca

Classificação: Livre

 

PROGRAMAÇÃO DE MARÇO

Sábado, 30 de março de 2019

  • 09:00 – 14:00 – Ação Social: Cortes de Cabelo
  • 10:00 – 12:00 – Arte-Educação: Confecção de Brinquedos
  • 12:00 – 17:00 – Ação do Brincar (temática de Março):

– Jogos: Bete e Jogo do Pontinho

– Brinquedos: Carro de Pneu e Bambolê

– Brincadeiras: 05 Marias e Brincadeira de Mão

Domingo, 31 de março de 2019

  • 10:00 – 14:00 – Ação do Brincar (temática de Março):

– Jogos: Bete e Jogo do Pontinho

– Brinquedos: Carro de Pneu e Bambolê

– Brincadeiras: 05 Marias e Brincadeira de Mão

  • 14:00 – 17:00 – Torneio Olímpico de Rua: Bete
  • 17:00 – 18:00 – Apresentação Cultural: Grupo de Teatro Mamulengo Fuzuê

Fonte: brasiliagora
Author: Da Redação

Comentários estão bloqueados.