Sessão da Câmara Legislativa é marcada por despedidas e agradecimentos

A primeira sessão ordinária da Câmara Legislativa do Distrito Federal após o fim do primeiro turno, realizada na tarde desta terça-feira (9/10), foi marcada por agradecimentos e despedidas.

Durante o pronunciamento dos parlamentares, Telma Rufino (Pros), Robério Negreiros (PSD) e Chico Vigilante (PT) e Reginaldo Veras (PDT) agradeceram aos eleitores e apoiadores que os ajudaram na campanha da reeleição.

Já o Professor Israel (PV) foi saudado por sua eleição à Câmara dos Deputados. Por outro lado, Wasny de Roure (PT) lamentou o fato de não conseguir uma vaga ao Senado. “Brasília foi uma das cidades que mais evidenciou o anti-petismo. Cumprimento a Leila [do Vôlei] e Izalci [Lucas] que lograram êxito”, declarou.

Também sobraram críticas para a eleição do deputado federal Luís Miranda (DEM). Mesmo sem morar na capital federal, o democrata conseguiu 65.107 votos. “Teve gente que se elegeu mesmo morando nos Estados Unidos. Tiveram êxito apenas pelas mídias sociais”, cutucou Wansy.

Chico Vigilante também questionou a escolha. “Em plena capital da República temos uma distorção completa da política. A pessoa mora no EUA há quatro anos e consegue se eleger aqui, por causa de YouTube”, diz ao se referir ao canal de Luís, que tem pouco mais de 700 mil inscritos.

Dos 24 distritais, apenas oito conseguiram se reeleger. Nove não conquistaram votos suficientes para permanecer na CLDF: Bispo Renato Andrade (PR), Cristiano Araújo (PSD), Juarezão (PSB), Lira (PHS), Luzia de Paula (PSB), Raimundo Ribeiro (PPS), Ricardo Vale (PT), Sandra Faraj (PR) e Wellington Luiz (MDB).

 

Fonte: Metropoles
Author: Matheus Venzi

Comentários estão bloqueados.