fbpx
Cidades

Tabata Amaral sai correndo ao ser perguntada sobre sua expulsão do PDT



Foto: Reprodução/ Facebook.

Do Estadão:

A deputada Tabata Amaral (PDT-SP) tem evitado declarações à imprensa desde que foi ameaçada de expulsão por seu partido pelo voto a favor da reforma da Previdência. Ao ser abordada nesta quinta-feira, 11, no plenário da Câmara, ela saiu correndo. “Não vou falar com a imprensa, desculpa.”

O PDT orientou seus parlamentares a votarem contra a proposta, mas oito deputados declararam voto a favor.

A deputada publicou em seu Twitter, um vídeo falando sobre os motivos que a levaram a votar a favor da proposta. “Meu voto pela reforma da Previdência não foi vendido, é por convicção. A bancada da educação continua lutando pela manutenção da aposentadoria especial dos professores”, afirmou.

(…)

Leia Mais

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar